CONHEÇA MAIS SOBRE A TEK STAR PNEUS

PNEUS
DIREÇÃO HIDRÁULICA
AMORTECEDOR MOLA
FREIO EMBREAGEM
ALINHAMENTO BALANCEAMENTO
SUSPENSÃO
SILENCIOSO
PNEUS Antes de mais nada, é importante escolher o pneu correto para cada tipo de utilização. Observe a rodagem predominante do veículo e veja que tipo de pneu você precisa: Rodoviário, Urbano, Misto ou Fora de Estrada. Outro fator essencial é a escolha correta da dimensão do pneu, tipo de aro ou roda, tipo de válvula e, no caso de pneu com câmara, a dimensão da câmara e do protetor, bem como se estes são compatíveis entre si. No caso de alterações de dimensões dos pneus, recomenda-se consultar previamente o fabricante do veículo e o fabricante dos pneus. E lembre-se, verifique sempre se a capacidade de carga e velocidade dos pneus são compatíveis com o volume de carga regularmente transportado e a velocidade empregada. Jamais exceda a capacidade de carga ou a velocidade máxima suportada pelos pneus. Na Tek Star Pneus você encontra o pneu ideal para o seu carro. Confira!
DIREÇÃO HIDRÁULICA Em épocas que a direção hidráulica se tornou uma necessidade e não um item opcional, cada vez mais é comum este sistema apresentar algum tipo de problema. Com o uso, o sistema hidráulico pede manutenção, caso contrário, como qualquer outra parte do veículo, pode apresentar problemas. Quando começa aquele barulho chato ("inhééé") ao esterçar a direção, além do volante ficar mais pesado, este é um claro sintoma de desgaste de peças do mecanismo. Alguns destes sintomas podem vir acompanhados de vazamentos de fluídos pelas mangueiras da bomba que tem como consequência a falta de fluído no reservatório, comprometendo todo o sistema. O ideal é que você procure um profissional experiente para ajudá-lo(a) no reparo do sistema.... Na Tek Star você encontra a solução ideal para a direção hidráulica do seu automóvel!
AMORTECEDOR E MOLA Os amortecedores de um veículo, além da função amortecimento, também garantem dirigibilidade e segurança. Eles são itens importantes da suspensão e atuam como freio do movimento das molas. São eles os responsáveis por atenuar os impactos na carroceria e manter os pneus sempre em contato com o solo. Segundo o Manual do Proprietário do veículo, a troca é recomendada em media a cada 40.000 km. O Proprietário do veículo pode verificar a cada 5.000 km se há vazamento de óleo nos amortecedores. Isso pode ocorrer por causa de fortes impactos, no caso de passar em um buraco em alta velocidade, por exemplo. O vazamento de óleo, além de causar a perda de ação dos amortecedores, danifica outros componentes, como batente, coifas e molas. Rodar com o carro com os amortecedores em más condições de uso, culmina em gasto maior com manutenção e em grande perigo aos usuários. Desgaste irregular e prematuro dos pneus, desconforto em terrenos acidentados, falta de estabilidade, barulhos e perda da eficiência do sistema de frenagem são estas as conseqüências mais comuns. Procure uma de nossas lojas e faça a revisão dos seu sistema de amortecimento.
FREIO E EMBREAGEM O freio exige uma série de cuidados para funcionar perfeitamente. A primeira coisa é observar o estado das lonas e pastilhas. As pastilhas duram 40 000 km. Claro que se dirigir como um piloto de Fórmula 1, a duração é bem menor. De toda forma, é um número para se ter em mente. Deixar a pastilha gastar até o final também pode detonar (aliás, é muito provável) o disco de freio. Se isso acontecer, nem pense em fazer o chamado “repasse”, que consiste em lixar o disco até aplainar as saliências deixadas pelo desgaste. Essa prática não é recomendada pelas montadoras, pois pode comprometer a vida útil dessa peça e ameaçar sua segurança. O fluido também é importante. Deve ser trocado a cada 12 meses, porque perde suas características originais. Por isso, de acordo com os "experts", completar o fluido não é o adequado. O certo é trocar tudo anualmente.
ALINHAMENTO E BALANCEAMENTO Um carro com rodas desalinhadas gasta pneus com mais rapidez e torna-se mais difícil de ser dirigido - sem contar o desconforto para o motorista. Algumas montadoras recomendam que, a cada 20 mil quilômetros, se leve o carro a uma loja para conferir o alinhamento. Com ruas e estradas esburacadas, porém, é mais prudente fazer este exame a cada dez mil quilômetros. É bom também observar o desgaste dos pneus, que deve ser sempre uniforme. Se, por exemplo, a parte externa da banda de rodagem estiver mais gasta que a interna, é preciso fazer um alinhamento. Falta de aderência nas curvas (o carro "samba") e pneus que cantam com facilidade também podem indicar necessidade de alinhamento. Um cuidado importante é escolher criteriosamente onde fazer o serviço. A Tek Star Pneus é especialista no assunto! Procure uma de nossas lojas.
SUSPENSÃO A suspensão é um sistema que tem a função de absorver as vibrações e choques das rodas, proporcionando conforto aos ocupantes do veículo e garantindo o contato das rodas com o solo. E mais importante: é elemento vital para assegurar os níveis pretendidos de estabilidade do veículo, nas freadas, em curvas, e em situações onde o melhor comportamento do veículo é solicitado de forma crítica. É vital para a segurança ativa do veículo, ajudando a não comprometer a integridade física do usuário. Formada por uma série de componentes (amortecedores, molas, bandejas, braços, pivôs, buchas, barra estabilizadora e bieletas), a suspensão sofre desgaste natural com o uso, podendo prejudicar o desempenho do veículo que fica mais vulnerável ao fazer curvas, ao trafegar em solos irregulares e outras situações comuns em estradas e ruas do País. Por isso, é fundamental que o motorista fique atento aos sinais que indicam a necessidade de substituição desses importantes componentes. Formas de dirigir mais agressivas podem provocar um desgaste maior e prematuro da suspensão. É diferente passar por buracos e crateras de uma maneira cuidadosa em baixa velocidade do que frear bruscamente ou simplesmente ignorar esses obstáculos sem reduzir a velocidade. Imagine esse hábito sendo repetido todos os dias, não há suspensão que aguente o tranco. Passe em uma de nossas lojas para uma rápida revisão...
SILENCIOSO O sistema de escapamento é um item muito importante para o veículo e, por isso, alguns cuidados devem ser observados para sua máxima eficácia. Veja: 1. Ao trocar algum componente do escapamento dê preferência à peças galvanizadas, pois a sua vida útil será maior; 2. Sempre que possível, verifique os fixadores e abraçadeiras. Cuidado ao passar por uma lombada alta, ou quebra-molas, pois o escapamento tende a ser atingido; 3. Realize uma revisão completa do sistema de escape do veículo ao menos a cada seis meses a fim de verificar o estado dos seus suportes e peças; 4. Caso o escapamento esteja vazando gases ou quebrado, pode ser necessário apertar as braçadeiras, fixar os suportes ou mesmo realizar a substituição de alguma peça; 5. Caso o escapamento esteja apresentando estouros, a causa provavelmente será furos no sistema de escapamento, o que pode ser resolvido com a substituição da peça furada; 6. No caso de aquecimento do assoalho do carro, pode estar havendo alguma parte do sistema de escapamento que esteja trincada ou o conjunto está muito próximo do assoalho; 7. Recomenda-se substituir o escapamento quando ele apresenta problemas como trincas ou furos, normalmente devido à fadiga do material ou à corrosão; 8. Apesar do baixo custo, não se recomenda soldar partes do sistema de escapamento, pois quando alguma parte está quebrada os seus componentes internos certamente já estão danificados. A Tek Star está pronta para fazer as trocas necessárias e a manutenção ideal para o seu carro.

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

CONTATOS

21.  3891-4200

São Cristóvão - Av. Brasil, 1857

21.  2462-5202

Ilha- Est. do Galeão, 1198

21.  3371-3011

Irajá - Rua Honório de Almeida, 1875

21.  3495-0003

Cachambi - Av. Dom Hélder Câmara, 4840